Robbin Hood – O retorno

FABRÍCIO PIRES 24 de março de 2018 0

É incrível como as coisas acontecem no TRICOLOR FC, mesmo fazendo uma campanha irregular no campeonato, justificou a fama de tirar ponto dos líderes e entregá-los aos adversários na parte de baixo da tabela. O TRICOLOR recebeu o TALHAFERRO FC (atual 4º colocado), dominou o adversário, manteve maior posse de bola, abusou dos cruzamentos e finalizou muito, obrigando o goleiro LENO a fazer milagre debaixo da trave.
O jogo começou truncado, TALHAFERRO pouco chegou ao gol do TRICOLOR, e nas poucas oportunidades a pontaria estava mal e a bola saía ao lado da baliza.

O TRICOLOR manteve a posse de bola, variou as jogadas de ataque e chegou sempre com muito perigo, tentando de várias formas chegar ao gol, hora com chutes da entrada da área, hora por tabelas ou com cruzamentos perigosos. O 0x0 persistiu até o intervalo.

O técnico Vitão deu uma bronca no time TRICOLOR que voltou do vestiário determinado em conseguir vitória, enquanto TALHAFERRO não conseguia criar oportunidades no segundo tempo. O jogo se arrastava sem gols.
Foi então que brilhou a estrela do técnico tricolor, sacou E.MARTINS do jogo e colocou ALARIO aos 68min. Com apenas dois minutos em campo o atacante aproveitou a oportunidade e abriu o placar aos 70min. Cinco minutos depois, aos 75min, ALARIO iniciou a jogada, a bola chegou aos pés de PERISIC que num contra ataque rápido invadiu a área, driblou o marcador e fuzilou o goleiro LENO que nada pôde fazer. Depois disso coube ao tricolor cozinhar o jogo até o apito final e justificara fama de Robbin Hood.

 

Scout
TRICOLOR 2X0 TALHAFERRO
14(9) – CHUTES (A GOL) – 5(1)
56%  – POSSE DE BOLA  – 44%

DESTAQUE DA PARTIDA: ALARIO 7.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

314.448 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>